Novo engenho

Nova Andradina: Homem perturba funcion√°ria de loja e deixa carta em tom ameaçador para jovem

O fato ocorreu na Avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade, em pleno centro comercial da cidade.

Por Jardim MS News em 11/07/2024 às 12:26:40
Caso é apurado pela DAM de Nova Andradina Imagem: Arquivo / PC-MS

Caso é apurado pela DAM de Nova Andradina Imagem: Arquivo / PC-MS

Um homem estaria perturbando de forma insistente a funcion√°ria de uma loja localizada na região central de Nova Andradina e teria, inclusive, deixado uma carta em tom ameaçador para a jovem.

O fato ocorreu na Avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade, em pleno centro comercial da cidade.

Conforme informações levantadas pelo Nova News, o autor, que aparenta ter problemas psicológicos, fica circulando pelos comércios, dizendo frases desconexas, afirmando ser o "Anjo Gabriel".

O autor teria, de certa forma, se interessado por uma das funcion√°rias de uma loja, passando a perturbar a jovem, sendo que, nesta quarta-feira (10), ele teria deixado uma carta para ela.

Na carta, ao mesmo tempo em que faz elogios à vítima, dizendo estar apaixonado, ele também cita palavras e termos, de certa forma, ameaçadores, como "guerra", "sacrifício", "se quer ser rainha tem que mastigar" e diz que não tocar√° nela "por enquanto", dando a entender que, no futuro, poderia tentar algo.

Além da carta, ele também deixou um recado para a funcion√°ria escrito na calçada em frente ao local de trabalho dela.

As atitudes do autor t√™m tirado a paz da vítima, de suas colegas de trabalho e gerado uma sensação de insegurança entre todos que trabalham na √°rea central da cidade.

Por meio de seu perfil no Instagram, a loja da qual a jovem é funcion√°ria publicou uma nota de repúdio às atitudes do homem, afirmando que "assédio moral e sexual não é brincadeira" e pedindo provid√™ncias das autoridades. "Nossa equipe merece respeito e segurança ao sair de casa para buscar o sustento da família", diz a postagem.

Equipes de outros comércios também relataram ao site sobre o incômodo provocado pelo homem, que estaria se dirigindo às funcion√°rias com termos impróprios, falando de sexo e usando palavras desrespeitosas.

Nesta quinta-feira (11), o Nova News apurou que o caso est√° sendo investigado pela Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) e que a equipe do Centro de Refer√™ncia Especializado da Assist√™ncia Social (CREAS), também estaria a par da situação.

O autor dos fatos seria do estado de Santa Catarina e a equipe do CREAS j√° teria conseguido contato com a família do jovem, a fim de que ele seja encaminhado de volta para sua cidade e receba os devidos atendimentos psicológicos e sociais.



Fonte: Nova News

Comunicar erro
Marissol

Coment√°rios

DM