Novo engenho

In√≠cio do serviço de Cirurgia Card√≠aca Pedi√°trica da Cassems ser√° marcado pela presença de Marcelo Jatene, renomado cirurgião cardiovascular

Refer√™ncia nacional e internacional, especialista na √°rea debate panorama da cirurgia card√≠aca pedi√°trica no Brasil na próxima quarta-feira (29)

Por Jardim MS News em 25/05/2024 às 11:21:07
Foto: Messias Ferreira

Foto: Messias Ferreira

Refer√™ncia nacional e internacional quando o assunto é cirurgia card√≠aca pedi√°trica, o cirurgião cardiovascular, Marcelo Biscegli Jatene, estar√° em Campo Grande, na próxima quarta-feira (29), a convite da Caixa de Assist√™ncia dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) para conduzir o di√°logo sobre o "Panorama da Cirurgia Card√≠aca Pedi√°trica no Brasil", no auditório do Hospital Cassems de Campo Grande.

Marcelo Jatene é professor livre docente na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), diretor da Unidade de Cirurgia Card√≠aca Pedi√°trica e orientador do Instituto do Coração da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (InCor/HCFMUSP) e respons√°vel pelo setor da Cirurgia Cardiopedi√°trica do Hospital do Coração (HCor) em São Paulo. É membro, e presidiu, a World Society for Pediatric and Congenital Heart Surgery no bi√™nio 2018-2020.

A presença de Jatene marca também o lançamento do serviço de Cirurgia Card√≠aca Pedi√°trica no Hospital Cassems de Campo Grande, um avanço no tratamento de crianças com problemas card√≠acos que precisam de cirurgia em Mato Grosso do Sul.

O presidente da Cassems, Ricardo Ayache, falou sobre o lançamento do novo serviço oferecido no Hospital Cassems de Campo Grande. "Somos sens√≠veis à corrida contra o tempo para salvar a vida da criança que necessita desse procedimento de alta complexidade. Ao trazer o serviço de cirurgia card√≠aca pedi√°trica para o Hospital Cassems Campo Grande, cumprimos com o papel do plano de avançar para garantir atendimento de excel√™ncia para os servidores p√ļblicos e seus familiares, aumentando as chances dessas crianças", pontua Ayache.

A diretora de Assist√™ncia à Sa√ļde da Cassems, Maria Auxiliadora Budib, ressalta o pioneirismo da Cassems em inovar para garantir o cuidado completo em todos os ciclos da vida. "A Cassems é a primeira operadora de sa√ļde que traz esse serviço no estado e isso impacta positivamente a vida das fam√≠lias. Fomos pioneiros na implantação de UTI pedi√°trica na sa√ļde suplementar e ao agregar esta linha de cuidado, nossa equipe est√° pronta para o atendimento integral", afirma Maria Auxiliadora.

Os respons√°veis técnicos pelo serviço de cirurgia card√≠aca pedi√°trica da Cassems são o cirurgião card√≠aco pedi√°trico Guilherme Viotto e a cardiologista pedi√°trica e ecocardiografista pedi√°trica Camila Lino Martins.

Panorama

Segundo o Ministério da Sa√ļde (MS) a cardiopatia cong√™nita est√° entre as malformações que mais matam na infância e a terceira causa de óbitos de crianças recém-nascidas. O órgão do Governo Federal estima que, a cada mil beb√™s, 10 nascem com algum tipo de cardiopatia cong√™nita e aproximadamente 80% vão necessitar de cirurgia card√≠aca corretiva, cerca de metade deles ainda no primeiro ano de vida, o que representa 12 mil pacientes.

J√° o "Diagnóstico Situacional dos Serviços de Cirurgia Card√≠aca Pedi√°trica, habilitados no Sistema √önico de Sa√ļde no território nacional", desenvolvido em 2018, aponta que, no Brasil, 67 hospitais, distribu√≠dos em 21 estados, estão habilitados em serviço de cirurgia card√≠aca pedi√°trica. Os estados de São Paulo, Bahia e Minas Gerais são os que mais possuem hospitais habilitados.

Em São Paulo, são 12 hospitais habilitados a realizar o procedimento de alta complexidade. É também por isso que o estado é um dos que mais recebe demandas de outros estados, como por exemplo, Mato Grosso do Sul. Analisando dados da mesma pesquisa, o respons√°vel técnico pelo novo serviço da Cassems, Guilherme Viotto, avalia os impactos do novo serviço para a sa√ļde em Mato Grosso do Sul.

"A cada ano, entre 300 e 400 crianças necessitam de cirurgia card√≠aca pedi√°trica e quando não conseguem acessar o atendimento em Mato Grosso do Sul se deslocam para outros estados. O que abala emocionalmente os pais e as crianças. Traz consequ√™ncias econômicas, com as despesas decorrentes da necessidade de locomoção, para o orçamento dessas fam√≠lias, sem contar a corrida contra o tempo para encontrar onde realizar a cirurgia. Ao implementar o serviço, diminu√≠mos a distância entre o cuidado e as fam√≠lias", afirma Guilherme Viotto.

Como ir√° funcionar

O respons√°vel técnico explica que as cirurgias serão realizadas em crianças portadoras de cardiopatias cong√™nitas e explica como ser√° a estrutura do novo serviço de Cirurgia Card√≠aca Pedi√°trica no Hospital Cassems de Campo Grande. "Temos uma estrutura √≠mpar em Mato Grosso do Sul e pode ser comparada à de hospitais de ponta como o HCor, o Albert Einstein, o S√≠rio Liban√™s que são hospitais de refer√™ncia, para realizar cirurgia card√≠aca pedi√°trica. Além do aparato, temos uma equipe multidisciplinar treinada", reforça Guilherme Viotto.

Um dos diferenciais do atendimento oferecido pela Cassems é a UTI estruturada para receber o pós-operatório e que prioriza o bem-estar e a humanização do atendimento. "A criança que estiver na UTI pós-operatória, pode ser acompanhada pelos familiares. Outro ponto importante é o acompanhamento cardiológico pedi√°trico di√°rio, durante toda a internação, principalmente durante as horas mais cr√≠ticas do pós-operatório, onde a criança ser√° assistida por um médico cardiologista pedi√°trico plantonista na UTI", explica o respons√°vel técnico pelo serviço.

Para aprimorar o cuidado oferecido na UTI Pedi√°trica do Hospital Cassems de Campo Grande, a equipe multidisciplinar realizou treinamento presencial no Hospital do Coração (HCor), refer√™ncia nacional no atendimento às crianças cardiopatas. A UTI conta também com estrutura montada para o suporte de assist√™ncia circulatória mecânica (ECMO).

Fonte: Assecom

Comunicar erro
Marissol

Coment√°rios

DM