Novo engenho

Brasileiro acusado de tentativa de assassinato de senador paraguaio é preso em SP

A prisão ocorreu nessa terça-feira (2)

Por Jardim MS News em 03/04/2024 às 16:13:33
Divulgação

Divulgação

Elton Ramos da Silva, conhecido como "Índio", foi capturado nesta terça-feira, 2, pela Polícia Militar em Diadema, região metropolitana de São Paulo. O suspeito estava foragido da justiça paraguaia desde 2011, quando escapou de um presídio naquele país. Além disso, ele é alvo de investigações por crimes cometidos no Brasil e possuía um mandado de prisão pendente no país.


De acordo com as autoridades, Índio é apontado como membro de uma facção criminosa, com a função de recrutar novos integrantes. Até o momento, a defesa do acusado não foi localizada para comentar sobre o caso.


Segundo informações da polícia paraguaia, em 2010, Índio teria participado da tentativa de assassinato do senador paraguaio Robert Acevedo, que faleceu posteriormente por complicações da COVID-19. O ataque ocorreu em Pedro Juan Caballero e resultou na morte do motorista e do segurança do parlamentar, enquanto Acevedo escapou por pouco ao ser atingido de raspão.


Após ser preso na época do crime, Índio foi resgatado da prisão no ano seguinte por homens armados e permanecia foragido desde então. A captura desta terça-feira ocorreu após denúncias que levaram os policiais militares da ROTA a cercarem a resid√™ncia onde o suspeito se encontrava em Diadema. Segundo relatos dos agentes, Índio não ofereceu resist√™ncia durante a prisão.


Além disso, Índio também é apontado como uma figura influente na capital federal, respons√°vel por recrutar novos membros para a facção criminosa. O mandado de prisão foi cumprido com base em informações fornecidas pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado do Distrito Federal (FICCO-DF).


Índio possui antecedentes criminais por homicídio e tr√°fico de drogas e j√° havia sido alvo da Operação Tabuleiro realizada pela Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) da Polícia Civil do DF em 2014. Em 2020, ele foi novamente investigado pela DRACO e responde a uma ação penal no Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT). O mandado de prisão cumprido nesta terça-feira é resultado dessa última investigação.


A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado do Distrito Federal (FICCO-DF), composta por diversos órgãos de segurança pública, tem como objetivo integrar esforços para prevenir e reprimir o crime organizado e a criminalidade violenta. Elton Ramos da Silva, o "Índio", é considerado um membro ativo dessa facção criminosa pelos órgãos policiais.

Comunicar erro
Marissol

Coment√°rios

DM