Novo engenho

Capital: Mulher com beb√™ √© baleada em briga de trânsito

Socorrista do Samu estava em carro com a família, quando foi baleada; ela está internada na Santa Casa

Por Jardim MS News em 10/06/2024 às 10:58:43
Trecho da Rua da Península, onde foi recolhida cápsula deflagrada (Foto: Marcos Maluf)

Trecho da Rua da Península, onde foi recolhida cápsula deflagrada (Foto: Marcos Maluf)

Desentendimento com homens que praticavam racha no Jardim Tarumã, em Campo Grande, terminou com uma técnica de enfermagem do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urg√™ncia) baleada, na noite deste domingo (9). A mulher estava dentro do veículo do filho, sem envolvimento com o racha, e foi socorrida em estado grave.

De acordo com o boletim de ocorr√™ncia, a vítima, condutor de um Renault Sandero, contou que estava acompanhado da família - a mãe, que é a socorrista do Samu, a esposa dele e os quatro filhos pequenos. Ele seguia pela Avenida Marinha e no cruzamento com a Rua da Península, percebeu que dois veículos praticavam racha, sendo um Audi vermelho e um Asta de cor escura.

Para evitar um acidente, o motorista do Sandero desviou dos dois veículos e quando chegou próximo à Avenida Gunter Hans, parou para esperar a passagem pelo cruzamento. Neste momento, o Audi colidiu na traseira do Sandero e, na sequ√™ncia, ocupantes dos dois veículos que faziam racha, desembarcaram e foram até o carro da família.

O motorista do Astra desferiu um tapa no peito do condutor do Sandero, o chamando de "folgado". J√° o homem que dirigia o Audi sacou de uma pistola e apontou em direção à vítima, que se assustou e tentou se esquivar, momento em que o suspeito disparou.

O tiro atingiu o braço da mãe dele, que estava no banco de tr√°s do Sandero com o neto de 5 meses no colo. A bala transfixou para o abdome. O filho, em desespero, procurou a unidade de saúde do bairro e a mãe foi socorrida em estado grave. Ela precisou ser transferida para a Santa Casa. Mais ninguém ficou ferido.

Os suspeitos fugiram e a polícia foi comunicada.

Velhos conhecidos - Após tomar conhecimento sobre quais eram os veículos envolvidos no racha e no disparo contra a socorrista do Samu, a Polícia Militar constatou que os carros tinham as mesmas características dos que estão envolvidos em situações criminais em datas anteriores, inclusive ocorr√™ncias de viol√™ncia doméstica e arma de fogo.

Como era de conhecimento que ambos veículos j√° foram vistos no Bairro Bela Laguna, a PM passou a fazer dilig√™ncia pela região, quando abordou um carro. Uma mulher foi questionada e afirmou que estava no Astra no momento do tiro, revelando o endereço do atirador. Contudo, não revelou o paradeiro do Astra.

Os militares foram até o endereço informado e entraram em contato com a família do suspeito, identificado como Rafael Conceição dos Santos. A família disse que Rafael se apresentar√° à polícia. O veículo Audi e a pistola não foram localizados.

O delegado de plantão e peritos foram até a Rua da Península, onde recolheram a c√°psula deflagrada de calibre 9 milímetros em cima do banco do motorista do Sandero. Também foram vistas manchas de sangue no banco traseiro. Ninguém foi preso até o momento.

Fonte: Campo Grande News

Comunicar erro
Marissol

Coment√°rios

DM